experiência concreta #1 (diálogo de mãos), 2017
impressão de imagens extraídas de jornais digitais, catálogo de exposições de artes visuais e manuais de sobrevivência e caixa de compensado naval
60 x 60 x 4 cm
foto Filipe Berndt

Experiência concreta é uma série que busca traçar relações entre trabalhos e ações desenvolvidas por artistas de dois períodos marcantes da história da arte brasileira, a saber, o modernismo e a arte concreta e neo-concreta, e a violência cotidiana nas cidades brasileiras documentada em jornais digitais. O intuito aqui não é buscar uma genealogia do pensamento social brasileiro através da diferentes maneiras de representar fatos históricos e sociais (artes plásticas e/ou imagens vinculadas em jornais). Porém, esta série de trabalhos intenta mostrar como alguns procedimentos cotidianos, como por exemplo, atar mãos formando o símbolo do infinito, podem estar presentes em ambas representações do mundo.




experiência concreta #2 (diálogo de mãos), 2017
corda plástica, fita adesiva, abraçadeira plástica, arame, cadeado para bicicleta, cabo elétrico flexível e caixa de compensado naval
74 x 101,5 x 10 cm
foto Filipe Berndt




experiência concreta #5 (sete linhas), 2017
cubo construído por fita silver tape sobre parede
dimensões variáveis
foto Filipe Berndt