tratado #2, 2015
espelho e madeira de cumaru
200 x 70 x 70 cm
foto Galeria Leme

Em Tratado #2, uma tora de madeira de lei descansa passivamente sobre um espelho destroçado, partido em vários cacos, em referência ao Tratado de Tordesilhas, que veio para regular a disputa pela propriedade das terras do Novo Mundo. Nestes fragmentos, vemos o reflexo de nossa imagem desmembrada sem tentativa de reparo. A tora permanece sobre os reflexos partidos como quem afirma que “aqui não se mexe, é o meu domínio”, protegendo um território de peças violentamente separadas.




tratado #4,2017
pedras portuguesas nas cores branco e preto, espelho, tronco de eucalipto, corrente de aço, fio elétrico e fita silver tape
dimensões variáveis
fotos Jaime Lauriano

Em Tratado #4, as formas da Bandeira do Brasil são desenhadas utilizando um espelho e pedras portuguesas, nas cores branco e preto. Pendurado logo acima da bandeira, encontra-se uma tora de madeira suspensa por 3 pontos. As “cordas” que sustentam a tora são construídas de elementos encontrados facilmente em qualquer loja de material de construção: corrente de aço, fio elétrico e fita silver tape. Para além de seu uso na construção civil, todos os elementos de Tratado #4, também, são comumente utilizados por grupo de “justiceiros” para acorrentarem pessoas em postes, e praças públicas, para que a população pratique o linchamento/justiçamento. Transformando, assim, postes em pelourinhos; correntes em chibatas; e fitas em algemas.